De Volta Para Casa

Foto postada em rede social proporciona reencontro entre pai e filha

Depois de treze anos a dona de casa Roselene Ramona Aguero Miranda, de 21 anos, reencontrou o pai Jocimar Nunes Miranda, 49 anos. Alcoólatra, o ex-soldador deixou a família em Campo Novo do Parecis em 2004 e virou morador de rua. O encontro entre os dois aconteceu no último dia 2, pela manhã, na sede do Centro de Referência Especializado de Assistências Social de Campo Verde.

foto-postada-em-rede-social-proporciona-reencontro-entre-pai-e-filha

Durante todo esse tempo, Roselene, que hoje está casada, tem um filho de cinco anos e mora em Sorriso, não perdeu a esperança de reencontrar o pai. “Há cinco anos ele esteve em Sapezal e conversou com meu irmão por parte de mãe, mas recusou ajuda”, contou a dona de casa, que não viu o pai naquela ocasião. “Há cerca de 8 meses minha mãe viu ele numa rua em Cuiabá, mas devido ao trânsito não teve como parar”, completou.

A história dos dois começou a mudar quando Jocimar, já em Campo Verde, pediu comida na casa de Romilda dos Santos Roque Cordeiro (na foto com Roselene e Jocimar). “Perguntei de onde ele era e se queria ajuda para reencontrar a família e ele disse que queria. Então fiz uma foto dele e postei no facebook”, contou a dona de casa.

Um dos filhos da ex-esposa de Jocimar viu a foto e entrou em contato com Romilda. Foi o começo da reaproximação entre pai e filha e um novo capítulo na história dos dois começou a ser escrito. “Vou ajudar ele. Vou atrás dos documentos dele e ajudar ele a arrumar um serviço”, disse Roselene, que também pretende internar o pai em uma clínica de recuperação.

Depois de todos esses anos vivendo na rua e perambulando de cidade em cidade, Jocimar está disposto a receber a ajuda oferecida pela filha. “O que eu quero agora é uma vida nova”, disse ele, que agradeceu a iniciativa de Romilda em postar sua foto no Facebook. “Sou muito grata à ela e à minha filha, por ter vindo atrás de mim. Agora é mudar de vida. Essa vida de rua não é fácil”, disse. Hoje os dois viajaram para Sorriso com a ajuda da Secretaria Municipal de Assistência Social de Campo Verde, que forneceu as passagens.

Um detalhe que chamou a atenção no reencontro de pai e filha é que Romilda, a grande responsável pelo momento vivido por Roselene e Jocimar também tem uma história parecida com a dos dois. “Eu não vejo meu pai há 27 anos”, revelou. Seu sonho, assim como o de Roselene, é reencontrá-lo.

Fonte: Prefeitura de Campo Verde

Mauricio de Menezes
Idealizador, cofundador, diretor de arte, desenvolvedor e administrador do Perdi o Meu.
https://perdiomeu.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *