Daniel Alves celebra reencontro com cachorro após sumiço

O lateral Daniel Alves viveu momentos de tensão na sexta-feira. O motivo: seu cachorro estava sumido. Após buscas, o jogador achou seu animal. Nas redes sociais, Alves celebrou o reencontro.

daniel-alves-celebra-reencontro-com-cachorro-apos-sumico

Na sexta-feira, a mulher de Daniel Alves, Joana Sanz passeava com o cachorro em uma floresta Malmaison. Em um descuido, o cachorro se soltou e saiu em disparada.

Desesperada, Joana Sanz fez apelo nas redes sociais. Ela acionou uma página francesa de cães desaparecidos. Horas depois, o cãozinho foi localizado e devolvido aos donos.

Fonte: UOL

 

Após campanha na web, estudante reencontra cachorro levado por ciclista em Rio Branco

Depois de iniciar uma campanha nas redes sociais, a estudante de medicina Lara Said, de 22 anos, reencontrou o cachorro de estimação Luk, um Shih Tzu que foi levado por um ciclista, após fugir de casa no dia 26 do mês passado. O animal foi encontrado pela polícia nesta sexta-feira (4) em uma casa no bairro Conquista, em Rio Branco.

apos-campanha-na-web-estudante-reencontra-cachorro-levado-por-ciclista-em-rio-branco

Lara conta que Luk foi encontrado durante uma operação policial. Segundo ela, o cão não estava machucado, mas estava sujo e precisando ser tosado. “Eles [policiais] chegaram à conclusão que estava em uma casa. O Luk estava mais agitado, as pessoas se aproximaram dele e ele estava retraído. Ficamos tranquilos porque o cachorro está conosco”, fala.

Luk fugiu de casa para brincar na rua, no bairro Vila Ivonete, na capital acreana. Imagens das câmeras de segurança dos vizinhos de Lara mostram o momento que o rapaz de bicicleta leva o animal. A dona passou a divulgar o vídeo nas redes sociais para encontrar o homem e conseguir ter o cachorro de volta.

Fonte: G1

Gato reencontra dona após mais de 10 anos no Canadá

Um gato reencontrou sua dona após ficar sumido de casa durante mais de 10 anos no Canadá.

gato-reencontra-dona-apos-mais-de-10-anos-no-canada

A sociedade protetora dos animais de Winnipeg divulgou uma foto de Freda Watson e seu gatinho preto e branco, George, no momento do reencontro.

Uma pessoa achou George vagando pelas ruas e decidiu levá-lo à sociedade, onde a equipe começou a procurar seus donos.

A tatuagem de identificação do bichano estava apagada, mas a equipe finalmente conseguiu decifrá-la. Deu trabalho, pois o sobrenome de Freda, seu telefone e seu endereço mudaram ao longo da década.

O abrigo conseguiu falar com a cunhada de Freda, que a avisou que o gatinho tinha sido achado.

Freda disse que o reencontro foi emocionante e que ela nem dormiu na noite anterior.

George ficou mais amigável ao reconhecer a dona, segundo os presentes.

A família acredita que alguém tenha cuidado do bichano, que segundo eles tem 13 anos.

Fonte: Gazeta Web

Cão atropelado reencontra família com ajuda dos internautas

Em postagem nas redes sociais, a ASPA informou que no final da tarde deste sábado, a família do cãozinho atropelado, na noite da sexta-feira na Av. Francisco Reverbel de Araújo Góes, compareceu na Clínica para buscá-lo.

cao-atropelado-reencontra-familia-com-ajuda-dos-internautas

O cãozinho, que já é idoso e que havia fugido assustado com a tormenta, ainda segue sem caminhar, porém foi para casa, na esperança que lá reaja e se alimente, foi medicado e sua família seguirá dando-lhe o tratamento adequado. Obrigada a todos os que compartilharam, pois graças a vocês ele reencontrou sua família.

Fonte: Sentinela 24

Família reencontra pug de estimação nove meses após cão ser furtado

ove meses após ser levado por assaltantes, o cão da raça pug Edgar foi recuperado e voltou para sua família em Caxias do Sul, na serra gaúcha. Foi através de uma denúncia anônima que a Polícia Civil encontrou o cachorro, em outra casa, na mesma cidade.

familia-reencontra-pug-de-estimacao-nove-meses-apos-cao-ser-furtado-em-caxias-do-sul

Segundo a dona, Franciele Abreu, de 30 anos, o animal de estimação foi levado no dia 20 de julho do ano passado, quando a casa da família foi arrombada. “Quando eu cheguei com meu esposo e as crianças, estava tudo revirado, quebrado, sujo. Eles levaram nossos eletrônicos e percebi que levaram o Edgar também, que não estava na área de serviço”, relembra ela, sobre o episódio.

A família registrou boletim de ocorrência e, com a ajuda de parentes e amigos, espalhou fotos de Edgar pelas redes sociais, com a esperança de revê-lo.

Não foi a primeira vez que o pug, de três anos, foi tirado da família. Em 2015, o cachorrinho foi furtado do pátio de casa, conta a dona.

“Estávamos em obra e, por descuido, ele acabou ficou do lado de fora”, recorda. “Mas em uma semana a gente recuperou ele, estava aqui pela vizinhança mesmo”.

Em outubro, Fran ganhou de presente de aniversário um novo cão, o shih-tzu Cadu. Assim, ela, o marido e os filhos, de 5 e 13 anos de idade, ganharam um novo companheiro de quatro patas. Mas a busca por Edgar continuou.

“O meu pequeno perguntava como seria quando o Ed voltasse das férias”, conta. “Ou seja, todos nós acreditávamos que ele ia voltar um dia”.

Na última sexta-feira (28), a mulher recebeu uma mensagem anônima de uma pessoa que teria visto o pug em Ana Rech, no interior de Caxias do Sul. Ela acionou a Polícia Civil, que, em função do boletim de ocorrência que havia sido registrado, conseguiu um mandado de busca, cumprido na quarta (3).

“Era um condomínio de casas e o cachorro estava de posse de um casal. Estava muito bem cuidado, bem de saúde”, descreve a delegada Thaís Norah Sartori Postiglione. “O casal ainda será ouvido sobre o fato, mas os dois alegaram que haviam ganhado o cão de presente de um tio”, pondera.

Edgar foi reconhecido pela dona. “Era impossível não ver que era ele, com as patinhas branquinhas. Foi muito emocionante. Ele correu quando me viu, me lambeu toda, não saiu do meu colo”.

O caso será investigado para apurar se o casal é receptador ou se realmente não sabia que o animal havia sido furtado.

Fonte: G1

Garoto tem reação emocionante ao reencontrar cachorro após 1 ano

Lennox tem um animal de estimação, mas seu melhor amigo é o pastor branco do vizinho, o Bogart. Os dois não se largavam até que o garoto e o cão tiveram que se separar. Para a tristeza de todos, o dono do cachorro viajou a trabalho e o deixou aos cuidados da mãe, por tempo indeterminado e em outro estado. A distância não permitia visitas e a saudade foi aumentando.

garoto-tem-reacao-emocionante-ao-reencontrar-cachorro-apos-1-ano

A família registou o reencontro emocionante após 1 ano separados. Veja:

Fonte: Pocura-se Cachorro

Mulher reencontra cão desaparecido depois de dois anos de procura

Ter um cão perdido é uma dor muito grande para os tutores. Não saber onde o animal está, se está bem e recebendo cuidados é extremamente angustiante.

mulher-reencontra-cao-desaparecido-depois-de-dois-anos-de-procura

Thaís Fernandez viveu com essa angústia por dois anos, porém a tutora nunca perdeu as esperanças de que um dia fosse reencontrar seu amado Toddy.

Toddy fugiu de casa, no Distrito Federal, aproveitando o momento em que a mãe de sua tutora foi abrir a porta para receber uma visita. Na hora, ninguém se desesperou, pois o cachorro tinha o costume de passear sozinho pela região em que morava e sempre voltar para casa depois. Mas, dessa vez foi diferente.

Após uma demora do cão em voltar para casa, a família de Thaís ficou preocupada e começou a procurar Toddy, porém sem sucesso.

Com o tempo, os familiares de Thaís foram perdendo as esperanças de encontrar o animal, mas a tutora nunca desistiu de procurar seu amado cão e nunca deixou de acreditar que um dia iria tê-lo novamente.

E foi graças a essa insistência da tutora que, hoje, dois anos depois, ela conseguiu ter Toddy novamente em seus braços.

Durante todo o tempo em que o cão ficou desaparecido, Thaís divulgava fotos do animal no Facebook pedindo ajuda para encontrá-lo, até que um dia, uma mulher respondeu dizendo que estava com o cachorro.

Toddy foi encontrado em outubro do ano passado por Goretti Ribeiro. Ela viu o cão pela rua aparentando estar bastante debilitado e sabia que não podia deixá-lo sozinho.

Então, com a ajuda de amigos, ela resgatou o cachorro e seguiu cuidando dele na casa de um amigo até o dia 25 de janeiro, quando viu uma postagem de Thaís procurando por Toddy no Facebook e viu que era o mesmo animal que ela estava ajudando.

Nesse mesmo dia, Goretti entrou em contato com a Thaís. As duas marcaram um encontro para o dia seguinte e hoje, graças à persistência e perseverança de sua tutora, Thaís e Toddy estão juntos novamente.

Fonte: Mercado.ETC

Através da internet, tutora reencontra cachorro resgatado em córrego

Uma família de São José dos Campos (SP) reencontrou, por meio de uma postagem no Facebook do Corpo de Bombeiros, um cachorro que havia sido perdido há três dias. Os tutores e o cão ‘Bin Laden’, de dois anos, se reencontraram nesta quinta-feira (1).

atraves-da-internet-tutora-reencontra-cachorro-resgatado-em-corrego-por-bombeiros

A auxiliar de enfermagem Renata Hipólito contou que o filho dela, de 17 anos, estava passeando com o animal no domingo do dia 27, na região do Satélite, quando o cachorro escapou.

“Ele puxa muito e acabou fugindo. No que ele escapou, um carro bateu nele e ele saiu disparado. Procuramos muito, mas não encontramos, pensamos que ele não tinha morrido porque não achamos o corpinho. Foi um desespero”, contou Renata, que adotou o cachorro quando ele tinha três meses.

Para tentar achar ‘Bil Laden’, eles anunciaram uma foto dele nas redes sociais. Algumas pessoas passaram informações que tinham visto o animal, mas quando a família chegava, ele já não estava no local.

“Até um frentista disse que ele tinha passado por lá e brincado, mas não estava mais lá. Sabíamos que íamos chegar até ele, mas já estava demorando muito”, contou.

Até que na noite desta quarta-feira (30), o namorado dela viu uma postagem no Facebook do Corpo de Bombeiros contando sobre o resgate de um cão que estava ilhado no córrego na avenida Jorge Zarur. “Não acreditei, mas na hora que vi a foto já sabia que era o ‘Bin Laden’, coração de mãe não se engana. Na hora já liguei para os bombeiros, que disseram que ele estava na zoonoses e lá já estava fechado”, relembrou.

O reencontro aconteceu na manhã desta quinta-feira. O animal foi levado ao veterinário porque, segundo a tutora, ele estava mancando, com as patas assadas de tanto andar. “Agora ele vai ficar descansando, já está aqui dentro de casa e não queremos mais ficar longe dele. Ele faz parte da nossa família”, completou.

A família está agradecida pelos bombeiros terem resgatado e facilitado o reencontro com o cão. Eles pretendem se encontrar com os agentes que fizeram o resgate na próxima terça-feira (6) para agradecer o carinho que tiveram com o ele.

“Foi bom salva-lo, mas o que mais nos deixou feliz era de saber que ele tinha uma família que era muito apegada a ele. Os pequenos ferimentos vão se curar logo e a nossa missão foi cumprida. É gratificante. Logo vamos nos ver de novo”, disse o subtente José Carlos Rosa, que atendeu a ocorrência com outros dois bombeiros.

Fonte: Anda

Dona acha cão perdido depois de 6 anos após ver foto na web: ‘Milagre’

Por seis anos Marcela Godoy, estilista de 35 anos, teve que viver sem o seu cãozinho de estimação, o Woody. A moradora de Avaré (SP) acredita que ele tenha sido furtado em 2010, quando sumiu de sua casa. Contudo, anos após ‘perder’ seu animal de estimação, ela conseguiu reencontrá-lo depois de reconhecê-lo em uma foto publicada na página S.O.S Animais Perdidos de Avaré, no Facebook. Desde quarta-feira (19) o cão voltou a viver com ela na mesma casa onde morava seis anos atrás.

dona-acha-cao-perdido-depois-de-6-anos-apos-ver-foto-na-web-milagre

“Para mim foi um milagre. É muito tempo de diferença, o que é difícil de acontecer. Mesmo sabendo que era difícil eu tinha esperança. na terça-feira (18) entrei na página para postar fotos de um cão perdido achado por uma amiga. Por acaso vi a foto, o reconheci e comecei a chorar. Liguei para a pessoa que estava com o cão que confirmou uma marca de nascença nele, que é uma mancha branca abaixo do rabo. Assim que confirmei fui no dia seguinte buscá-lo. Quando o vi fiquei extremamente feliz e um pouco assustada, porque ele estava muito diferente de antes. Já ele, coitado, por estar surdo e não enxergar bem demorou para me reconhecer”, diz.

A foto do animal, que até então estava vivendo em uma Organização Não Governamental (ONG) da cidade, foi publicada pela funcionária pública Ateneia Ferreira, administradora e criadora da página dedicada à animais perdidos há mais de um ano. “Coloquei a foto dele e três dias depois a dona apareceu. Eu fiquei tão feliz e emocionada em ver que o meu trabalho pôde ajudar uma pessoa a encontrar seu bichinho. Muito feliz por ter contribuído com um gesto simples”, conta ela.

Antes ele era feliz e extrovertido, já hoje em dia é assustado e medroso. Acho que ele passou fome e apanhou nesses anos longe de casa”
Marcela Godoy, que achou cão após 6 anos

Woody, que é da raça Spitz alemão tem 10 anos. Além dos problemas normais da idade, ele está debilitado porque viveu anos na rua ou com outras pessoas, afirma Marcela. “Antes ele era feliz e extrovertido. Já hoje em dia é assustado e medroso. Acho que ele passou fome e apanhou nesses anos longe de casa. Ele também está surdo e tem a visão ruim. A partir de agora vamos dar vitaminas, levar no veterinário, cuidar bastante dele. Já até tosamos para o pelo dele nasça mais forte.”

Segundo Marcela, o caso do desaparecimento do cão é cheio de mistérios. Ninguém sabe se o cão se perdeu ou foi, de fato, furtado. Além disso, ninguém sabe também se ele ficou mais de quatro anos na rua ou convivendo com uma família. O que se sabe é que ele foi resgatado em 2015 das ruas pela ONG Amor de Quatro Patas.

Woody se juntou com os mais de 200 animais que vivem no abrigo, de acordo com a dona. “Eles cuidaram muito bem dele lá. Acho que ele sofreu maus-tratos antes de ser resgatado pelo abrigo. Mesmo com dificuldades por tantos animais e falta de verba eles fazem o melhor que podem”, ressalta a dona de Woody.

Fonte: G1